Make your own free website on Tripod.com

Bolsa de Chicago & Opções

 

© Itamar De Zan, 2002-2004. Peça permissão para utilização deste material no endereço ttp@brturbo.com.

Esta é uma série de artigos que foram publicados no periódico "Empreender", de Palotina, PR, que tratam da relação entre a Bolsa de Chicago e o mercado da soja, e como fazer uso das opções sobre contratos futuros negociadas na Bolsa de Chicago, ou nela referenciadas, para fazer operações de proteção de preço, ou hedge, como estratégia de comercialização da soja.


Parte I - Introdução

Parte II - Contrato futuro, câmara de compensação e regras de negociação

Parte III - Câmara de compensação (continuação) e entrevista com Cinthia Murphy

Parte IV - Os membros da bolsa, negociadores, regras e sinais de negociação

Parte V - O mercado interno e o mercado internacional,  e as cotações na Bolsa de Chicago

Parte VI - Análise fundamental e exemplo de análise fundamental

Parte VII - História, princípios e exemplo de análise técnica

Parte VIII - Opções, conceitos

Parte IX - O contrato futuro, conceito e ajuste diário

Parte X - Participantes do mercado futuro, liquidação ou exercício e especulação

Parte XI - Hedging e estabelecimento de preço mínimo com opções de venda

Parte XII - Introdução sobre bases históricas

Parte XIII - Cálculo da base e utilização de opções para estabelecer um piso mínimo de venda

Parte XIV - Estratégias de comercialização - especulação com o produto armazenado

Parte XV - Estratégias de comercialização - venda da produção na colheita e compra de "calls"; piso mínimo de venda

Bases históricas do indicador de preços de soja Esalq/BM&F e Bolsa de Chicago, em dólares por saca de 60 Kg.